Notícias

Operação contra roubo de cargas prende empresários e políticos em Minas e outros cinco estados

Operação contra roubo de cargas prende empresários e políticos em Minas e outros cinco estados

Quarenta pessoas envolvidas em um esquema de roubo de cargas foram procuradas em Minas Gerais e em outros cinco estados brasileiros nesta quinta-feira (10). Entre os alvos da Operação Hiscos II, que investiga um grupo que teria movimentado ilegalmente R$ 30 milhões, estava uma vereadora suplente de Buritis, no Norte de Minas.

Conforme a Polícia Federal, a mulher, de 36 anos, é acusada de lavar dinheiro para os integrantes da organização criminosa. Ela foi detida em casa mediante cumprimento de mandado de prisão. Levada para Montes Claros, a suspeita seguiu escoltada por agentes federais até Goiás, onde será ouvida e permanecerá à disposição da Justiça.

De acordo com as investigações, empresários e políticos davam suporte financeiro aos roubos de cargas em diversas cidades. “Os policiais identificaram seu (da mulher presa em Minas) envolvimento com o grupo de roubo a cargas por intermédio de seu marido, preso na primeira fase da Operação”, informou a corporação por meio de nota.

Se comprovada a participação dela e dos outros suspeitos, eles irão responder pelos crimes de roubo qualificado, cárcere privado, lavagem de dinheiro, organização criminosa, tráfico de drogas e receptação.

Um dos integrantes do grupo está foragido e a PF acredita que ele esteja na Inglaterra. Por isso, a corporação vai solicitar apoio às autoridades daquele país e também à Interpol.

Força-tarefa

Para prender o bando criminoso, uma força-tarefa foi montada pela Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar de Goiás e Ministério Público. Na operação, aproximadamente 450 agentes cumpriram cerca 91 mandados de judiciais, sendo 40 de prisão.

A ação ocorreu simultaneamente em Araguari, na região do Triângulo Mineiro, Goiânia, Anápolis, Guapó, Luziânia, Piracanjuba e Trindade, todas em Goiás, além de Brasília (DF), Ponte do Araguaia (MT), Mandaguari (PR) e Itajaí (SC).

Flagra

Durante as investigações, os policiais já haviam prendido 30 pessoas, apreendido 15 armas, 15 veículos roubados e recuperado mais de R$ 500 mil em cargas roubadas. No total, a operação contou com a participação de 450 policiais.

Hicsos I

Na primeira fase da Operação Hicsos, pelo menos 104 envolvidos foram presos pelo envolvimento com roubos de carga. Os criminosos abordavam veículos em rodovias de todo o País, utilizando-se de falsas barreiras.

O grupo avaliava a carga de cada caminhão parado e, quando se deparava com uma de alto valor, anunciava o assalto. Além disso, para facilitar a ação, os criminosos utilizavam equipamentos de alta tecnologia com o intuito de evitar o rastreamento do veículo.

 

 

 

Fonte: (http://hojeemdia.com.br/)

Nova 93 FM

agosto 10th, 2017

Nenhum Comentário

Comments are closed.